domingo, 16 de março de 2014

OPORTUNIDADES DE COMERCIALIZAÇÃO DE ARTESANATO NA COPA DA FIFA 2014

* EDITAL DO ARTESANATO NOS JOGOS DE 2014 DA COPA
Artesãos de todo o país terão facilidades para se inscrever no Edital de Artesanato nos Jogos 2014 - Vitrines Culturais, que promoverá a exposição e venda de artesanato durante o mundial de futebol. As inscrições poderão ser feitas via Correios ou através da internet, via sistema SalicWeb.
Para ajudar, o Ministério da Cultura preparou umpasso a passo para orientar o artesão interessado.
O edital fica aberto até 6 de abril e selecionará até 60 mil peças artesanais, de valor simbólico e estético, que expressem valores culturais brasileiros.
A mudança no edital que permitiu a inscrição pelos Correios é uma forma de garantir a acessibilidade de artesãos que vivem em regiões mais remotas ou tem dificuldade de acesso à internet.
As Vitrines Culturais promoverão, entre 12 de junho e 13 de julho de 2014, exposições e comercialização de artesanatos de alta qualidade de todos os estados do Brasil.
As exposições acontecerão nas Fifa Fan Fest e espaços culturais das cidades-sede dos jogos, com ênfase em Manaus, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.
Todos os documentos necessários para participar do projeto, como o formulário de inscrição, termos de autorização de venda e cessão de imagem, entre outros, estão disponíveis como anexos do edital no site do Ministério da Cultura ou impresso nas regionais do MinC.
A partir dessa semana, serão organizadas oficinas e caravanas de mobilização para facilitar e incentivar as inscrições dos artesãos. Nesta quarta-feira (12), será realizada uma oficina em Santos (SP), na sede da Unimonte (Rua Comendador Martins, 52 – Vila Mathias). No dia 20/3, a oficina será realizada em São Paulo (SP), na sede da Regional do Minc em SP (Alameda Nothmann, 1058, próximo a estação Santa Cecília do metrô).
As sedes das 27 superintendências do IPHAN, das 10 regionais do MinC e as coordenações estaduais do Programa de Artesanato Brasileiro (PAB) vão auxiliar o artesão à se inscrever por correio ou por internet.
Podem participar artesãos brasileiros de qualquer parte do país, de forma individual ou por meio de grupos produtivos, núcleos, associações ou cooperativas de artesãos.
O projeto Vitrines Culturais é coordenado pela Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura, em parceria com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, vinculada à Presidência da República, e do Sebrae.
Também participam do projeto o Sebrae, o IPHAN e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio do projeto Talentos do Brasil Rural Contemporâneo